• Nossos Projetos

    PAIXÃO PELO NOSSO TRABAHO

INOVANDO EM SOLUÇÕES DE ENERGIA

Líderes regionais em Energia Limpa

Nossos escritórios no Chile, México e Brasil, Atlas Renewable Energy possuem atualmente um portfólio de 1.2 GW de projetos contratados ou em fase operacional de construção.

 

Javiera

Chañaral

69.5 MW

Javiera é um dos mais emblemáticos PPAs assinados no Chile para uma planta solar. O projeto vende energia para a Minera los Pelambres, uma das maiores minas de cobre do Chile administradas pela Antofagasta Minerals. Foi encomendado em maio de 2015.

Quilapilun

La Colina

110 MW

Localizado a cerca de 30 minutos da cidade, Quilapilun foi o primeiro projeto construído perto da região  Metropolitana do Chile. Foi um projeto que foi premiado no primeiro concurso regulamentado que acomodou a entrada de Energia Renovável. Foi comissionado em março de 2017.

El Naranjal

Provincia El Salto

58 MW

O projeto El Naranjal foi contemplado com um PPA sob a primeira disputa realizada em 2014 pela UTE, especificamente para projetos de energia solar fotovoltaica. Foi encomendado para maio de 2017.

Del Litoral

Provincia El Salto

17 MW

O projeto Litoral foi contemplado com um PPA sob a primeira rodada de proposta realizada em 2014 pela UTE, especificamente para projetos de energia solar fotovoltaica. Foi comissionado em maio de 2017.

Juazeiro

Bahia

156 MW

O projeto Juazeiro está em estágio de desenvolvimento avançado, com construção que deverá começar no quarto trimestre de 2017. A DQO esperada termina em 2018.

São Pedro

Bahia

66 MW

O projeto São Pedro está em estágio de desenvolvimento avançado, com construção que deverá começar no quarto trimestre de 2017. A DQO esperada é em meados de 2018.

Sol do Futuro

Ceará

78 MW

Sol do Futuro está em estágio de desenvolvimento avançado com DQO esperado no quarto trimestre de 2018.

Sertão Solar

Barreiras

112 MW

Sertão Solar está em estágio de desenvolvimento avançado com DQO esperado no 2020.

Guajiro

Hidalgo

129.5 MW

Guajiro está em estágio de desenvolvimento avançado com DQO esperado no segundo trimestre de 2019.